Masterix

Pesquisar
Close this search box.

Programa Desenrola: 80 milhões de brasileiros poderão negociar suas dívidas

No artigo de hoje vamos falar sobre o Programa Desenrola, projeto que o governo e seus representantes estavam em desenvolvimento.

Esse programa financeiro, visando reduzir o endividamento da população brasileira.

Programa Desenrola
Reprodução: freepik

Cerca de 80 milhões de pessoas estão com dívidas bancárias e também não bancárias. Todo esse refinanciamento de dívidas deverá ter um desconto mínimo obrigatório, que será oferecido aos endividados, que terá o objetivo de atender pessoas que recebem até 2 salários mínimos.

Conforme as ideias do governo, cada credor terá liberdade para definir qual será o percentual de desconto que vai oferecer além do patamar mínimo. Mas, ainda será preciso definir se o desconto vai cair sobre os juros de mora ou em cima do valor da dívida, além de todas as condições de pagamento. O Programa Desenrola também vai contar com um prazo mínimo e máximo para o pagamento parcelado.

O que se sabe até o momento sobre o Programa Desenrola Brasil

O governo quer aliviar as dívidas dos brasileiros de alguma forma e por isso o desenvolvimento do Programa Desenrola tem sido pensado para atender a todos da melhor maneira, de um jeito eficaz e que não haja problemas futuros.

Uma das dívidas que serão permitidas pelo governo para negociar através desse programa, é a dívida feita pelo empréstimo consignado do Auxílio Brasil, em 2022.

Através da solicitação de empréstimo feita, o valor ficava comprometido e seria descontado diretamente das futuras parcelas de pagamento do Auxílio Brasil.

Após conseguirem o empréstimo, os beneficiários arcavam com uma taxa de juros mais baixa, de 3,5% ao mês, sem comprometer o salário mensal. Mesmo com todas essas possibilidades, muitos brasileiros acabaram se endividando devido ao empréstimo e com isso, devendo à Receita Federal.

Programa Desenrola
Reprodução: freepik

O ministro da fazenda, Fernando Haddad afirmou que vai beneficiar cerca de 80 milhões de brasileiros inadimplentes através do Desenrola. Nesse número, 3,5 milhões estão endividadas devido ao empréstimo feito pelo Auxílio Brasil. Fazendo a soma, todas essas dívidas estão acumuladas em 9,5 bilhões de reais.

Ao estudar a criação do Programa Desenrola, o atual governo enxergou que a criação do consignado pelo Auxílio Brasil foi um dos grandes erros cometidos pelo governo do ex Presidente Jair Bolsonaro. Tudo isso acabou prejudicando os beneficiários do programa social.

Quem vai poder aderir ao Programa Desenrola

O foco do Programa Desenrola será para pessoas físicas e famílias brasileiras que recebem até dois salários mínimos e que estão negativadas, com o nome sujo. Quem estiver dentro desses critérios e fizer a adesão do programa, vai pode renegociar e pagar todas as dívidas pendentes.

Ao que parece, o Desenrola poderá abrir um espaço para uma segunda faixa de renda, em condições diferentes, contemplando também quem ganha mais de três salários mínimos, mas é claro que para esse grupo, algumas regras serão apresentadas de forma diferente, mas essa questão continua sendo estudada pelo governo.

O que se pode esperar com a criação do Desenrola

Com a criação do Programa Desenrola, o governo espera que os brasileiros que se encontram em endividamento nesse momento, consiga regularizar todas as pendências financeiras, fazendo com os nomes voltem a ficar limpos.

O Desenrola foi pensado para atender as famílias que estão com altas dívidas. A população, que se encontra endividada, está com altas expectativas em relação ao programa, desde a saída do anúncio.

De acordo com o Ministro da fazenda, Fernando Haddad, o Programa Desenrola deve ser apresentado neste mês de fevereiro, já que praticamente todos os detalhes estão definidos. Agora, é esperar o dia do lançamento oficial para conhecer 100% todos os benefícios que o programa vai oferecer.

Programa Desenrola
Reprodução: Internet

Como será a negociação para pequenas empresas

O Programa Desenrola vai ser direcionado a pessoas físicas, mas o governo pensou e uma das ações do programa também vai atender pequenas empresas que estão endividadas. Consoante as propostas do governo em relação ao programa, a negociação para pessoas jurídicas será feita através de ´depósitos compulsórios´´.

Todo esse plano elaborado para os pequenos negócios está sendo feito pelo Ministério da Fazenda, que também conta a parceria de outros ministérios e para fluir tudo de maneira correta, o governo precisa do aval do Banco Central.

Desenrola Brasil

A ideia do governo, através desse programa, é fazer com que a população que se encontra altamente endividada no momento, renegocie seus débitos e possam limpar seus nomes.

Assim, o governo vai implantar um fundo garantidor para que os participantes do programa possam ter a garantia de recebimento, em troca serão oferecidos os melhores descontos para quem deseja saldar todos os débitos, tudo isso para dívidas não bancárias.

Programa Desenrola
Reprodução: Internet

Agora, para dívidas bancárias, como o crédito consignado, por exemplo, o governo vai desenvolver condições de descontos e prazos para quem pagar tudo no cartão de crédito, cheque especial e crédito pessoal, tudo por meio de depósitos compulsórios do Banco Central.

A ideia é dar mobilidade ao dinheiro que será depositado pelos bancos, fazendo com que as instituições públicas e privadas possam ter a possibilidade de conseguir renegociar e estabilizar todas as dívidas.

Entenda quais são as regras do consignado pelo Auxílio Brasil

O beneficiário só pode comprometer até 40% do salário social. Dessa forma, assim que o beneficiário obter o crédito e também o prazo para quitar as parcelas, o cidadão vai passar a receber somente a diferença, já que o valor correspondente a parcela do empréstimo vai ser descontada diretamente do salário.

Mesmo que o cidadão seja excluído da folha de pagamento do benefício, a dívida deve ser quitada no prazo de 24 meses. O empréstimo do Auxílio Brasil terá uma taxa de juros de até 3,5% ao mês.

Programa Desenrola
Reprodução: Caixa

Nosso artigo ajudou você?

Conte para a gente aqui nos comentários o que você achou dessa proposta do governo em apresentar esse novo programa para a população. Compartilhe esse artigo com seus amigos! Para conhecer outros conteúdos incríveis e úteis, visite o Maestrix e fique por dentro de nossas atualizações.